terça-feira, 16 de setembro de 2008

SALÁRIOS EXTRAS SEM ALARDE


Recados e Imagens - Monstros - Orkut



VEREADORES CONFESSAM QUE APÓS REUNIÃO NA CÂMARA TENTARAM
MANTER APROVAÇÃO DE 15 SALÁRIOS EM SIGILO PARA POVÃO
NÃO FICAR SABENDO:

Após aprovarem três salários extras aos vereadores de Goiânia,
com a derrubada do veto do prefeito Íris Rezende (PMDB), os
18 membros da Casa responsáveis pela medida fizeram um pacto
de silêncio.
Alguns vereadores confessaram que até acharam que o reajuste
nos próprios vencimentos passaria desapercebido pela população,
mas de nada adiantou.
Com a reação negativa da sociedade, os vereadores resolveram
recuar. No dia seguinte à derrubada do veto, elaboraram um
projeto de lei que revoga o artigo quarto da lei 8.690\2008,
pelo qual foi estabelecido os três salários extras. A matéria
deve ser votada em caráter de urgência na terça-feira. Todos
os vereadores consultados dizem que vão votar pela anulação
dos salários extras.

NA SURDINA:

Na reunião fechada na presidência da Câmara antes da votação
que aprovou os 15 salários, na quarta-feira os 18 vereadores
discutiram sobre as consequências de aprovar a bonificação
extra e a forma de manter em segredo a medida, pelo menos
até as eleições.
Receosos, foi destacado entre os próprios vereadores a
necessidade de guardar sigilo. Tinham consciência que o
reajuste seria mal recebido pelos eleitores. Dos 18, apenas
Euler Ivo (PDT) não é candidato à reeleição. Presentes também
na sessão, Ruy Rocha (sem partido), e Carlinhos do Esporte (PPS),
votaram contra os salários.
Segundo relato de quatro vereadores presentes à discussão,
Anselmo Pereira (PSDB) avisou que dificilmente o reajuste
passaria desapercebido. Ainda assim, votou à favor dos 15 salários.
"Ficamos empolgados com a possibilidade de ter mais três salários
e nem pensamos muito", afirma um vereador do PMDB.

VOTARAM POR SALÁRIOS:

Segue abaixo a lista dos 18 vereadores que derrubaram o veto do
prefeito no intuito de obterem 15 salários anuais:

Abdiel Rocha (PMDB),
Anselmo Pereira (PSDB),
Antônio Uchôa (PR),
Bruno Peixoto (PMDB),
Cida Garcêz PSB),
Clécio Alves (PMDB),
Euler Ivo (PDT),
Geovani Antônio (PSDB),
Gilmar Mota (PTC),
Hélio de Brito (DEM),
Maurício Beraldo (PSDB),
Mizair Lemes (PMDB),
Nelson Ferreira (PSB),
Paulo Borges (PMDB),
Rusembergue Barbosa (PRB),
Pedro Azulinho (PSB),
Santana Gomes (PMDB) e
Virmondes Cruvinel (PSDC).

"Jornal DAQUI"

Um comentário:

Tetê disse...

A cada dia eu tenho mais nojo dessa raça de políticos! Eles entram e saem e estão sempre levando a melhor! Querida, obrigada pela visita! Já atualizei! Bjks Tetê