quinta-feira, 2 de outubro de 2008

FILOSOFIA DE ESTRADA


Te amo mais que ontem e menos que amanhã.

Não existe árvore que o vento não tenha balançado.

O sol nasce para todos e a sombra para quem merece.

Na estrada da vida não tem acostamento.

Nosso amor virou cinzas depois de saber que seu passado era fogo.

No baralho da vida encontrei apenas uma dama.

Saiba ir para depois voltar.

O que é escrito sem esforço é lido sem prazer.

Não me inveje, trabalhe.

Te amo, disse ela toda gentil. Mas acontece, caro amigo,
que era primeiro de abril.

Não tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho.

Antes eu sonhava, agora, nem durmo mais.

Alegria de poste é estar no mato sem cachorro.

Um homem preguiçoso é um relógio sem corda.

Algumas derrotas preparam-nos para grandes vitórias.

Por uma morena, escovo urubu até ficar branco.

No fim, tudo dá certo. Se não deu, é porque ainda
não chegou ao fim.

"Autor desconhecido"

Um comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

Muitas pequenas frases com grandes significados.
Outras com grandes humores.
A vida é um divertimento.
O autor é conhecido.
É o ser anínimo que tem uma certa vivência.