segunda-feira, 18 de agosto de 2008

DANÇA DO VENTRE


DANÇA DO VENTRE: Um despertar do corpo e libido não tem como tirar
os olhos de uma mulher fazendo a dança do ventre,
fascinante,
harmoniosa,
sedutora,
misteriosa,
feminilidade
e sensualidade.
"A dança do ventre mexe com a fantasia e o emocional, estimulando
o corpo e acabando com as inibições. Quem acha que tem o corpo
feio, vai descobrir uma silhueta linda, num processo natural",
diz a professora de dança do ventre, Lulu Sabongi.
Movimentos estimulativos,
fantasia masculina,
brincadeira corporal,
boa formação ao corpo.
***LULU SABONGI***

DANÇA DO VENTRE

Torva, febril, torcicolosamente,
Numa espiral de elétricos volteios,
Na cabeça, nos olhos e nos seios
Fluíam-lhe os venenos da serpente.

Ah! que agonia tenebrosa e ardente!
Que convulsões, que lúbricos anseios.
Quanta volúpia e quantos bamboleios,
Que brusco e horrível sensualismo quente.

O ventre, em pinchos, empinava todo
Como réptil abjeto sobre o lodo,
Espolinhando e retorcido em fúria.

Era a dança macabra e multiforme
De um verme estranho, colossal, enorme,
Do demônio sangrento da luxúria!

***Cruz e Sousa***

4 comentários:

Ana Maria disse...

Sei pela contagem do contador que esse blog recebe muitos visitantes, poucos comentam, às vezes nem comentam.
Vale muito essas visitas.
Não preocupo com quantidade, e sim com qualidade.
Obrigado amigos leitores.

Ana Maria disse...

Obrigada também pelos comentários.

tetê disse...

Oi Ana! Dança do ventre é uma senhora ginástica... Eu comecei a fazer, parecia que tinha levado uma surra! Depois que o corpo acostuma, é uma delícia. Pena que a professora não apareceu mais! Obrigada pela visita no Livre Pensamento! Semana passada fui no "Atelier", essa semana vim aqui! Bjks Tetê

Ana Maria disse...

Obrigada Tetê, pela sua visita.