domingo, 14 de dezembro de 2008

#GAROTO GANHA DIREITO#


GAROTO GANHA DIREITO DE
TER NOME NORMAL:

O adolescente Wonarlleyyston Garlan Marllon
Branddon Bruno Paullynelly Mell (que ainda
tem mais quatro sobrenomes que não foram
divulgados por se tratar de menor), de 13
anos, obteve na justiça a alteração de seu
nome em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.
Segundo o Tribunal de Justiça do Mato
Grosso do Sul, o adolescente foi autorizado
a mudar o nome no fim do ano passado. Com
a mudança, ele continuou com o primeiro
nome, Wonarlleyyston, e Bruno. Acrescentou
outros sobrenomes não divulgados.

A mãe dele, Dalvina Xuxa, disse que o nome
do filho é fruto de diversas sugestões,
mas reconheceu ter exagerado. O juíz
Fernando de Campos disse que a mãe tentou
enfeitar e sofisticar o nome, mas acabou
caracterizando um capricho e achou espaço
na negligência do oficial de registro.

Qualquer brasileiro que se sinta constrangido
com o seu nome ou o exponha ao ridículo
pode pedir na justiça a alteração do
Registro Civil.
"Jornal DAQUI"

Um comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

A irracionalidade surge por todo o lado!