sábado, 26 de julho de 2008

VIOLÃO VIRA REBECÃO


Recados e Imagens - Garotas - Orkut




Se não houver um mínimo de 15% de gordura, o corpo
da mulher deixa de produzir estrogênio suficiente.
E uma das consequências é a dificuldade dos ossos
em absorver cálcio, levando à osteoporose precoce.
*Além disso, pela falta desse hormônio a mulher
pode deixar de menstruar e ovular*, diz o fisiologista
paulista Turíbio Leite Barros Neto, 50 anos, da
Universidade Federal de São Paulo *Unifesp*. Por
causa disso, fica estéril, enquanto os níveis de
gordura estiverem muito baixos.
*A própria natureza avisa que o corpo chegou num
limite. A mulher deixa de ser feminina tanto
fisiologicamente como esteticamente*, observa o
especialista. Sim, pois a gordura distribuída
por pontos estratégicos é também responsável por
aquelas curvas tão femininas, que somem com o
excesso de malhação deixando coxas parecidas
com tronco de árvore, bíceps de caminhoneiros
e pescoço de Mike Tyson.
A malhação além da conta faz o corpo de violão
virar rebecão.
Os resultados dessa puxação exagerada de ferro
não param por aí. Dores articulares, tendinites
e artrose do joelho e de ombro são sinais de
que se está exigindo do corpo mais do que ele
pode tolerar.
Segundo uma pesquisa realizada pela Unifesp com
247 alunos de musculação da cidade de São
Paulo, 23,7% tinham problemas de coluna,
21,1% apresentavam dores nos ombros e
13,9% já haviam machucado os punhos por causa
de sobrecarga de peso usada na hora do exercício.

&REVITA ISTOÉGENTE*

Um comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

Quando a vaidade supera a natureza, aparecem os exageros ...

Estou a escrever isto e "a ver", uma anoréxica de cerca de 25 anos ... em biquini.
Não acredita como nos fazia sentir, a mim, á m/mulher e aos "vizinhos" das espreguiçadeiras, (aquelas cadeiras, tipo cama).

Até me revolta o estômago ...

(esqueci-me de lhe dizer uma coisa.
Se tiver dificuldade nalguma palavra, diga. Pois há palavras que não se utilizam, quer dum lado quer do outro e uma mocinha, da Casa 101, sempre que não percebe, pergunta e eu faço o mesmo)